NOTÍCIAS

Derrubada do veto ao Refis para pequena empresa dará fôlego à indústria, avalia CNI

Possibilidade de refinanciar dívidas tributárias beneficiará 600 mil empresas, que têm débitos superiores a R$ 21 bilhões. O Congresso Nacional derrubou nesta terça-feira (3/4) o veto do presidencial ao programa de refinanciamento de dívidas das micro e pequenas empresas, o Refis para MPEs. Para a CNI, a medida dará sobrevida às 600 mil empresas optantes do Simples Nacional que acumulam débitos tributários de R$ 21 bilhões.

Leia Mais

Prazo da taxa fixa para capital de giro do BNDES será de 3 a 5 anos

O BNDES anunciou nesta quinta-feira, 5, que vai oferecer financiamentos com taxa fixa para o programa BNDES Giro, a partir de 24 de abril. A taxa fixa surge como alternativa adicional à Taxa de Longo Prazo (TLP), referência para os empréstimos do banco, e valerá para micro, pequenas e médias empresas, com faturamento de até R$ 300 milhões por ano. O banco informou, em nota, que o novo financiamento visa atender empresas que não querem ficar expostas a um passivo ligado à inflação.

Leia Mais

Esquenta a disputa pela Lwarcel, de celulose, avaliada em até R$ 1,8 bi

Negociações entre a Suzano e a Lwarcel estavam firmes, mas desandaram quando as conversas entre os Feffer e a Fibria foram retomadas. Depois da união entre a Suzano e Fibria, que criou a maior companhia de celulose do mundo, outro importante negócio do setor está próximo de ser fechado. As conversas para a venda da Lwarcel, do grupo Lwart, estão avançadas, apurou o Estado com duas fontes a par do assunto. O valor da operação é estimado entre R$ 1,5 bilhão e R$ 1,8 bilhão.

Leia Mais

Preço da celulose segue em alta com ritmo baixo

Depois de avançarem até 50% no ano passado, os preços internacionais da celulose seguem em alta em 2018. Além da demanda superior à oferta, reajustes anunciados para diferentes tipos de papel dão suporte à valorização da matéria-prima, mesmo que mais contida. “Enquanto o mercado de papel estiver positivo, os preços da celulose não estarão pressionados. Essa é a nova dinâmica do mercado”, diz um executivo da indústria. Os preços da celulose de fibra curta subiram pouco mais de US$ 50 na Europa.

Leia Mais

CENIBRA recebe mais um prêmio de Tecnologia da Informação

O Gerente do Depto. de TI e Telecomunicação da CENIBRA recebeu o primeiro lugar no prêmio Executivo de TI do Ano 2018, pelo destaque com o case “Transformação digital nos processos de medição de serviços de manutenção industrial”, que objetivou automatizar a rotina dos fiscais responsáveis por acompanhar as inúmeras obras de construção civil da empresa.

Leia Mais

Indústria mineira mantém tendência de crescimento em 2018

Pesquisa Indicadores Industriais aponta recuperação do faturamento e melhoria da produtividade. A indústria mineira avançou no primeiro bimestre de 2018, com aumento de 4,8% no faturamento, 1,1% na massa salarial e 2,8% no rendimento médio do trabalhador, de acordo com a pesquisa Indicadores Industriais da FIEMG. Nos últimos doze meses, o segmento já contabiliza incremento de 2,9% nas vendas.

Leia Mais

Esterco é usado para produzir papel na Universidade de Viena

Primeiro, eles trabalharam com o esterco de cabra, depois passaram pelos resíduos dos cavalos e das vacas até chegarem ao dos elefantes. O que concluíram é que essa metodologia pode ser muito útil para quem tem muitos animais de fazenda, onde se ganha em rentabilidade financeira e também em sustentabilidade. Alexander Bismarck é o pesquisador chefe desse estudo. "Os animais comem biomassa, conteúdo da celulose".

Leia Mais

Após fusão, ações da Fibria viram renda fixa para investidores

Com o nascimento da maior produtora de celulose do mundo, a Fibria e a Suzano têm conseguido caminhos diferentes na bolsa de valores. Os papéis da Fibria cresceram 11% e as ações da Suzano, foram de incríveis, 27% nas últimas semanas. Ao mesmo tempo em que isso acontece, a Suzano é preferida pelos analistas e a Fibria tornou-se “call de renda fixa”, ao menos na opinião do BTG Pactual.

Leia Mais

Pausa parece ser necessária para avaliar os passos do Copom adiante, diz Ilan

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, reafirmou nesta quinta-feira, 29, que o processo de flexibilização monetária vai continuar, caso as condições da economia permaneçam como estão hoje. No entanto, ele considerou que parece necessária uma pausa em junho para que o Comitê de Política Monetária (Copom) possa avaliar essas condições e assegurar a permanência no futuro dos benefícios de inflação e juros baixos.

Leia Mais

Nanofibra de celulose é usada para produzir fertilizantes

É pesquisa! Os cientistas conseguiram obter sucesso ao produzir fertilizantes nitrogenados usando a nanofibra de celulose (especialmente da polpa, que vem do pinus), que foi somado ao alginato de sódio e outras nanopartículas biogênicas. O trabalho é dos alunos da UFPR e com apoio da Embrapa Florestas. A inovação está justamente no uso de uma matriz polimérica de várias fontes verdes e renováveis, que são usadas para melhorar a eficiência de fertilizantes químicos usados na agricultura.

Leia Mais

Material sustentável é uma das tendências em embalagens para 2018

A afirmação vem da ABRE, que mostrou uma recuperação no volume de vendas no 2º semestre de 2017. O estudo da Brand Design e Inovação também apontou essas tendências como regentes da criação e fabricação de embalagens nas próximas décadas. Ao mesmo, ainda dá para citar a história da marca, feita através do Storytelling, como sendo uma das principais estratégias para aumentar a confiança do consumidor.

Leia Mais

Mensagem de Páscoa do Sinpapel - 2018

Páscoa é tempo de... Renascer, Renovar, Redescobrir, Resplandecer, Reinventar e Reencontrar. O Sinpapel deseja a todos uma Feliz Páscoa!

Leia Mais

Presidente assina decreto para regulamentar Política Nacional de Biocombustíveis

A Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) recebeu um decreto que regulamenta a Lei N. 13.576/17 e será publicado no Diário Oficial da União (DOU). Conforme um comunicado feito pelo Ministério de Minas e Energia, o decreto atribui ao Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) a definição das metas anuais de redução dos Gases de Efeito Estufa (GEE). A medida institui o Comitê RenovaBio, que será composto por representantes de vários setores e órgãos do governo.

Leia Mais

Confiança da indústria sobe 1,3 ponto em março, para 101,7 pontos, aponta FGV

A confiança da indústria subiu 1,3 ponto em março ante fevereiro, alcançando 101,7 pontos, o melhor nível desde agosto de 2013. Com o resultado, o indicador teve média de 100,5 pontos no primeiro trimestre, superando em 2,9 pontos o trimestre anterior. O avanço no mês foi proporcionado por melhores avaliações sobre a situação atual e em relação às expectativas, permitindo que os dois índices ficassem acima do nível neutro de 100 pontos pela primeira vez desde setembro de 2013.

Leia Mais

Regulamentação de taxas ambientais é discutida no Conselho de Assuntos Tributários

Expectativa é de racionalização do processo de arrecadação para o setor produtivo. Publicada no Diário Oficial de Minas Gerais em dezembro de 2017, a Lei 22.796/2017, que estabelece alterações em regimes tributários em Minas Gerais, foi debatida durante reunião do Conselho de Assuntos Tributários da FIEMG. O foco da discussão, que contou com a participação do assessor especial da Subsecretaria da Receita Estadual, Marcos Afonso Marciano, foi a regulamentação das taxas ambientais.

Leia Mais

Votorantim e BNDESPAR assinam acordo para combinar as operações de Fibria e Suzano

A Fibria informa que seus acionistas controladores – Votorantim S.A. e BNDES Participações S.A. (BNDESPAR) – assinaram um acordo com a Suzano Holding S.A. e com os demais acionistas controladores da Suzano Papel e Celulose S.A. para combinar as operações e bases acionárias da Fibria e da Suzano por meio da realização de uma reorganização societária.

Leia Mais

Crescimento no setor de celulose impulsiona mercado de plantações e de certificação socioambiental no Brasil

Acréscimo nos volumes de produção e exportação de commodities traz alento para setor ambiental brasileiro, influenciado por padrões de responsabilidade socioambiental. No papel, nas caixas, nos móveis. A madeira está presente o tempo todo no dia a dia de milhares de pessoas. E é neste mercado que o Brasil ocupa uma posição de vanguarda.

Leia Mais

Índice Global de Finanças Verdes: Europa Central supera em desempenho outras regiões

O novo Índice Global de Finanças Verdes foi lançado hoje pela Z/Yen e pela Finance Watch em um evento em Bruxelas. O GGFI classifica os centros financeiros do mundo de acordo com as percepções da qualidade e profundidade de suas ofertas de finanças verdes. Nessa edição inaugural, os centros financeiros na Europa Ocidental superaram em desempenho os de outras regiões.

Leia Mais

FIEMG se posiciona sobre o Copom

Olavo Machado Junior, presidente do Sistema FIEMG, espera que redução da Selic resulte em menores taxas de juros nas operações de crédito. O presidente vê como acertada a redução de 0,25pp ponto percentual da taxa Selic, atingindo juros básicos de 6,50% ao ano. Espero que esse momento de taxa Selic em nível historicamente baixo, possa resultar na redução das taxas de juros que pagamos nas operações de crédito”, comentou.

Leia Mais

Florestas e cidades sustentáveis

A ONU criou em 2012 o Dia Internacional das Florestas, definido para o dia 21 de março. Neste ano, o tema é Florestas e Cidades Sustentáveis, um debate fundamental para ser trazido para todos, já que tradicionalmente, quando falamos em floresta, mesmo no Brasil com uma cobertura de cerca de 61% de mata nativa preservada, temos 84,4% da população vivendo em centros urbanos e que se sentem distante da vida do campo, e portanto, das florestas.

Leia Mais