Pesquisa mostra empresário mais otimista

ICEI divulgado pela FIEMG registra aumento de 0,4 ponto em novembro, comparado a dezembro. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) registrou aumento de 0,4 ponto em novembro (63,3 pontos) em comparação com dezembro (63,7 pontos). Segundo a pesquisa divulgada pela FIEMG, o índice atingiu o maior nível em oito anos e meio e é superior a sua média histórica.




27/12/2018 - O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) registrou aumento de 0,4 ponto em novembro (63,3 pontos) em comparação com dezembro (63,7 pontos). Segundo a pesquisa divulgada pela FIEMG, o índice atingiu o maior nível em oito anos e meio e é superior a sua média histórica.
 

A confiança dos empresários é baseada na expectativa de que os novos governantes conseguirão implementar uma agenda econômica que favoreça uma retomada mais consistente da atividade, o que requer, entre outras medidas, reformas como a previdenciária e a tributária.
 

O índice registrou o maior nível em oito anos e meio e foi muito superior à sua média histórica (51,8 pontos). O ICEI nacional marcou 63,8 pontos em dezembro, aumento de 0,6 ponto em relação a novembro (63,2 pontos), e foi o mais elevado desde junho de 2010 (66,0 pontos).
 

O ICEI é resultado da ponderação dos índices de condições atuais e de expectativas, que variam de 0 a 100 pontos. Valores inferiores a 50 pontos indicam percepção de situação atual pior e expectativa negativa para os próximos seis meses, respectivamente.
 

O índice de expectativas dos empresários para os próximos seis meses foi responsável pela melhora do ICEI, com crescimento de 0,9 ponto entre novembro (69,1 pontos) e dezembro (70,0 pontos).
 

O indicador apontou otimismo dos empresários de indústrias de todos os portes, impulsionado pelo fim da imprevisibilidade política, passadas as eleições.
 

Confira AQUI a pesquisa. 


Fonte: FIEMG