Klabin registra recorde no Ebitda do terceiro trimestre de 2018

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, líder em embalagens de papelão ondulado e sacos industriais, além de ser a única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, registrou crescimento recorde no Ebitda ajustado, chegando a R$ 1.248 milhões no resultado do 3T18, o que representa crescimento de 66% comparado ao mesmo período de 2017.




30/10/2018 - A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, líder em embalagens de papelão ondulado e sacos industriais, além de ser a única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, registrou crescimento recorde no Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), chegando a R$ 1.248 milhões no resultado do  3T18, o que representa crescimento de 66% comparado ao mesmo período de 2017.


A receita líquida de vendas no 3T18 foi de R$ 2.807 milhões, alta de 26% em relação ao 3T17, impulsionada pelo maior volume de vendas de celulose e pelo bom momento de preços nos mercados internacionais, além da desvalorização do real frente ao dólar no período.


Este é o 29º trimestre consecutivo de crescimento do Ebitda ajustado da Klabin. “Os fatores que nos levaram ao crescimento da receita líquida de vendas e da margem Ebitda foram potencializados pela flexibilidade da Klabin em ajustar suas vendas para mercados de maior rentabilidade”, explica Gustavo Sousa, diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Klabin. Além disso, a margem Ebitda atingiu o patamar de 44%, 10 pontos percentuais acima do verificado no 3T17, reflexo do aumento da receita e da disciplina de custos adotada pela companhia


VOLUME DE VENDAS

O volume total de vendas da Klabin no 3T18 foi de 854 mil toneladas (sem incluir madeira) ante 843 mil toneladas registradas no 3T17. Esse resultado foi influenciado pelo bom desempenho da Unidade Puma, que operou acima de sua capacidade nominal, com produção de 404 mil toneladas no 3T18, aumento de 14% em relação ao verificado no mesmo trimestre do ano anterior.


Considerando apenas celulose, a companhia registrou vendas de 395 mil toneladas no 3T18, crescimento de 12% na comparação com o 3T17, sendo 289 mil toneladas de fibra curta e 106 mil toneladas de fibra longa e fluff.


Nos mercados de papéis e embalagens, vale destacar o aumento de 3% no volume de vendas de kraftliner e o bom desempenho das unidades de embalagens, este último alavancado pelo posicionamento da Klabin em segmentos como o de frutas no Nordeste e de sacos industriais no mercado externo.


INVESTIMENTOS

No 3T18, a Klabin investiu R$ 253 milhões. Desse total, R$ 71 milhões foram destinados às operações florestais; R$ 125 milhões à continuidade operacional das fábricas; e R$ 58 milhões foram aplicados em projetos especiais e expansões, especialmente nos de alto retorno, destinados a melhorar o desempenho da companhia em seus diversos segmentos de atuação


Fonte: Tissue Online