NOTÍCIAS

Suzano registra recorde de venda de celulose no quarto trimestre

A Suzano divulga os resultados do quarto trimestre e do acumulado de 2019, ano marcado pela fusão que uniu duas das maiores indústrias mundiais do setor de papel e celulose. O recorde trimestral nas vendas de celulose e o maior impacto da captura de sinergias contribuíram para que o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado atingisse R$ 2,5 bilhões e a geração de caixa operacional somasse R$ 1,5 bilhão entre outubro e dezembro. No acumulado do ano, os resultados somaram R$ 10,7 bilhões e R$ 7,1 bilhões, respectivamente. As vendas de celulose no quarto trimestre alcançaram o patamar inédito de 2,9 milhões de toneladas, volume 15% superior ao comercializado no terceiro trimestre de 2019.

Leia Mais

Brasil Mais aumentará a eficiência das empresas

Meta é atender 200 mil empreendimentos até 2022 com soluções de baixo custo para a melhoria de práticas produtivas e de gestão. SENAI vai prestar consultoria e treinamento em 46,8 mil indústrias. O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou, nesta terça-feira (18/3), decreto de criação do programa Brasil Mais. Coordenado pelo Ministério da Economia, o Brasil Mais será gerido pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). A execução caberá ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e ao SEBRAE. O Brasil Mais tem o objetivo de aumentar a eficiência das empresas e ampliar a produtividade e a competitividade do setor produtivo brasileiro em uma jornada de transformação digital.

Leia Mais

Celulose Irani planeja ofertar ações em março e investir R$ 1 bilhão

A Celulose Irani, fabricante de papel kraftliner e de embalagens de papelão ondulado, pretende financiar parte de um plano de expansão que soma R$ 1 bilhão com os recursos que vai levantar na oferta de ações planejada para março na B3, apurou o Valor. A Celulose Irani, fabricante de papel kraftliner e de embalagens de papelão ondulado, pretende financiar parte de um plano de expansão que soma R$ 1 bilhão com os recursos que vai levantar na oferta de ações planejada para março na B3, apurou o Valor. Segundo fontes com conhecimento do assunto, a companhia, futura Irani Papel e Embalagem, quer levantar R$ 400 milhões com uma distribuição primária de ações e o controlador.

Leia Mais

Senai apresenta inovação para a maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, a Klabin

Startups inscritas na chamada Klabin, do Edital de Inovação para a Indústria, apresentaram uma série de soluções inovadoras para desafios propostos pela empresa. A banca de apresentação aconteceu no Campus da Indústria, reunindo startups de todo o país. “O objetivo do edital é conectar startups com grandes indústrias, que contam com o apoio do Senai para desenvolver soluções e novas ideias”, explica Rafael Trevisan, gerente de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação do Sistema Fiep.

Leia Mais

Fábrica de embalagens inicia operação em Horizonte

Instalada em Horizonte, na região metropolitana de Fortaleza, a fábrica de papelão ondulado da gigante brasileira Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do país e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais, começou a operar. O primeiro pedido, entregue em janeiro deste ano, marcou o começo da operação da companhia no Ceará. A fábrica – que ocupa as mesmas instalações onde funcionou a Cervejaria Schincariol, adquiridas pela Klabin em setembro do ano passado – ampliará a produção da empresa na região e atenderá o crescente mercado de fruticultura no nordeste do país. Estão sendo gerados 240 empregos diretos e indiretos. Hoje, a companhia conta com 10% desse quadro de colaboradores.

Leia Mais

Produção de celulose no Brasil deve fazer parte das metas à ONU para combater mudanças climáticas

Terminou no dia 9 de fevereiro, o prazo simbólico para fortalecer os planos de combate global às mudanças climáticas sob o Acordo de Paris. Este Acordo foi conseguido em 2015, na cidade francesa, pelos representantes dos líderes reunidos na COP21. E houve, na época, uma ruidosa comemoração. O mundo parecia ter se dado conta da necessidade de rever práticas comerciais, de trabalho, de produção, de extração dos bens naturais, em prol de uma melhor qualidade de vida não só desta, como das próximas gerações. O prazo, volto a dizer, é simbólico e não há sanções para quem não cumprir. As nações interessadas, verdadeiramente, em pôr em prática as mudanças, deveriam ter apresentado às Nações Unidas.

Leia Mais

Suzano anuncia como metas de longo prazo aumentar captura de carbono e contribuir para reduzir pobreza e consumo de plástico

A Suzano, referência global na produção de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de árvores, divulga nesta semana os pilares de sua Estratégia de Longo Prazo e um conjunto de metas que nortearão sua atuação ao longo dos próximos anos. A companhia pretende, até 2030, contribuir diretamente para que 200 mil pessoas instaladas nas regiões onde atua saiam da linha da pobreza. Para isso, apoiará iniciativas direcionadas à geração de renda e à educação nessas localidades. A empresa também se compromete a oferecer 10 milhões de toneladas de produtos de origem renovável, desenvolvidos a partir da biomassa, para substituir plásticos e outros derivados do petróleo.

Leia Mais

Alerta GEFIP AC 2016 - para administradores das Indústrias de Papel de Minas Gerais

Risco de cobrança retroativa pela Receita Federal do Brasil – RFB, a partir de 2016 com a aplicação da alíquota mínima de 6% (seis por cento) incidente sobre o total da folha de pagamento mensal, inclusive sobre a folha do 13º salário. Nota: Este é o procedimento que está sendo adotado pela RFB que já está chegando às indústrias de papel.

Leia Mais

CENIBRA promove manejo florestal sustentável

Há 46 anos, a CENIBRA está presente no Leste de MG, contribuindo de forma significativa para o desenvolvimento da região. As práticas de manejo empregadas pela Empresa buscam o equilíbrio entre a execução das atividades produtivas e o meio ambiente. Como reconhecimento dos padrões de excelência de seus processos, a CENIBRA, além das certificações pelas normas ISO 9001, ISO 14001 e ISO IEC 17.025, possui também as certificações do FSC® e do CERFLOR. Estas são organizações independentes, compostas por representantes dos setores ambiental, econômico e social, e que estabelecem os princípios e critérios de manejo florestal sustentável.

Leia Mais

Com queda no setor de celulose e no setor extrativo de MG e ES produção industrial cai em 2019

A produção industrial caiu em sete dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em 2019, e levou o setor a encerrar o ano em -1,1%, depois de dois períodos seguidos de crescimento. O resultado negativo foi puxado, sobretudo, pela crise no setor extrativo dos estados de Minas Gerais (-25,3%) e Espírito Santo (-21,1%). Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal Regional divulgada no dia 11/02 pelo instituto. Em Minas Gerais e no Espírito Santo, a indústria geral recuou 5,6% e 15,7%, respectivamente. “O resultado negativo em Minas decorre da menor produção do minério de ferro, logo após rompimento da barragem de Brumadinho.

Leia Mais

Celulose Irani ON fecha em alta de 21,65% enquanto PN avança 100%

Na contramão do visto no pregão de hoje na B3, as ações da Celulose Irani (RANI3) fecharam o dia com forte valorização, dando sequência a uma alta vista desde que a empresa anunciou que o conselho de administração aprovou o início dos trabalhos preparatórios para migração da companhia para o segmento de listagem do Novo Mercado da B3. Após ajustes, os papéis ordinários terminaram com alta de 21,65%, a R$ 6,80, o maior desde abril de 2012. O volume financeiro somou R$ 7,4 milhões, o maior patamar da história. As preferenciais, papéis menos líquidos da empresa, avançaram 100%, a R$ 11,60, com giro financeiro de R$ 1,2 milhão, acima dos R$ 163,5 mil de sexta-feira.

Leia Mais

Benefício fiscal a estabelecimento localizado em município declarado em situação de emergência ou estado de calamidade pública

Concedido pelo Estado de Minas Gerais benefício fiscal ao estabelecimento localizado em município declarado em situação de emergência ou estado de calamidade pública decorrente das chuvas. Publicado no D.O. do Estado de Minas Gerais de 13/02/2020, o Decreto nº 47.863, de 12 de fevereiro de 2020.

Leia Mais

Benefício fiscal a estabelecimento localizado em município declarado em situação de emergência ou estado de calamidade pública

Concedido pelo Estado de Minas Gerais benefício fiscal ao estabelecimento localizado em município declarado em situação de emergência ou estado de calamidade pública decorrente das chuvas. Publicado no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais de 13/02/2020, o Decreto nº 47.863, de 12 de fevereiro de 2020, que concede benefícios fiscais relativos ao Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação – ICMS a estabelecimento localizado em município declarado em situação de emergência ou em estado de calamidade pública, por decreto estadual, motivado pelas chuvas ocorridas nos meses de janeiro e de fevereiro de 2020.

Leia Mais

Taxa sobre empresas de celulose aprovada no parlamento em Portugal

Designada de contribuição especial para a conservação dos recursos florestais, a medida, reclamada pelo Bloco de Esquerda, conseguiu ser viabilizada com os votos a favor do PS, PCP e PAN. Já o PSD, CDS, Iniciativa Liberal e Chega votaram contra. “É criada uma contribuição especial para a conservação dos recursos florestais, com o objetivo de promover a coesão territorial e a sustentabilidade dos recursos Florestais”, refere o texto da proposta dos bloquistas.

Leia Mais

Diretor da Klabin diz que impacto do coronavírus no mercado de celulose ainda não está claro

O diretor comercial de celulose da Klabin afirmou que ainda não há clareza sobre o impacto que o surto de coronavírus na China poderá ter sobre os negócios com a matéria-prima, mas eventuais efeitos poderão começar a ser percebidos no decorrer desta semana, com a retomada das atividades administrativas no país asiático. A companhia anunciou um aumento de US$ 20 por tonelada para a celulose de fibra curta vendida na China.

Leia Mais

Legislação ambiental em pauta no Conselho de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável

Germano Vieira, secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, apresenta resultados de 2019 e desafios para 2020. A legislação ambiental esteve em pauta na primeira reunião do ano do Conselho de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da FIEMG realizada nesta terça-feira, dia 11/02, na sede da federação. Germano Vieira, secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável foi o convidado do encontro.

Leia Mais

Avanços na pesquisa florestal

Inovação é uma das palavras-chaves na CENIBRA. Tanto o processo florestal como o industrial recebem melhorias e inovações tecnológicas com frequência, o que coloca a Empresa sempre na vanguarda do setor de celulose. Um dos grandes diferenciais da CENIBRA, no processo florestal, está na qualidade dos clones de eucalipto utilizados. Diferentemente de outras empresas, a grande maioria de clones plantados pela CENIBRA foi gerada na própria empresa, em seu Programa de Melhoramento Genético.

Leia Mais

Indústria e sociedade - Artigo de Flávio Roscoe

Flávio Roscoe é presidente da FIEMG. Faz parte do DNA da sociedade mineira, da qual a indústria é parte integrante, o inarredável compromisso com a solidariedade, sempre que ela se faz necessária para unir Minas Gerais e os mineiros. É exatamente isso o que vemos ocorrer neste momento em que chuvas recordes deixam um dramático rastro de destruição, com inundações, desabrigados aos milhares e, lamentavelmente, muitas mortes.

Leia Mais

Proposta para ICMS está pronta com o ministro de Minas e Energia, diz Bolsonaro

O presidente da República reconheceu que os governadores devem dificultar a tramitação de projeto para mudar as regras do ICMS, mas que está disposto a enviá-lo ao Congresso mesmo assim. Ele afirmou que a proposta está pronta com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e que ele ainda mantém reuniões com o setor para ajustes. Bolsonaro voltou a defender a alteração da cobrança do ICMS.

Leia Mais

FIEMG comemora queda da taxa de juros

Medida tem sido um fator importante para a melhora da economia. A redução da taxa Selic de 4,50% para 4,25% ao ano pelo COPOM é comemorada pela indústria de Minas Gerais. Apesar dos focos recentes de alta do IPCA e de depreciação do câmbio, a atividade econômica tem se mantido abaixo dos níveis esperados pelos mercados. No âmbito externo, os riscos não-econômicos, sobretudo os relacionados ao coronavírus, aumentam a incerteza global.

Leia Mais