NOTÍCIAS

Meirelles: inflação abaixo do piso é ótimo, não pode é ficar acima da meta

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, voltou a reconhecer que os preços da gasolina e do gás subiram, mas repetiu que o importante é que a média dos outros preços não cresceu tanto, o que levou a inflação de 2017 a ficar abaixo do piso da meta. "Gás e gasolina subiram em função do preço do petróleo no mercado internacional, mas os preços da comida e outros caíram, então a média da inflação foi menor", afirmou.

Leia Mais

Brasil terá de investir R$ 316 bilhões para cumprir acordo da COP 21

Estudo da CNI destaca que compromisso do país para reduzir emissões de gases de efeito estufa se baseou em projeções econômicas defasadas e em metas desfavoráveis à produção hidrelétrica, que acarretarão em alta do custo da energia. O custo para o país se adequar ao compromisso assumido durante a 21ª Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas (COP-21), em 2015, em Paris, será de R$ 316 bilhões até 2030 só em iniciativas do setor elétrico.

Leia Mais

Dólar opera sem direção definida nesta quinta-feira

Na véspera, moeda teve queda de 0,37%, vendida a R$ 3,2170, acumulando recuo de 2,94% ante o real no ano. Após começar o dia em alta, o dólar passou a cair sobre o real e, em seguida, passou perto da estabilidade nesta quinta-feira (18). A moeda tem dia de tentativa de correção após recuar na véspera em meio à fraqueza da moeda norte-americana ante divisas de países emergentes no exterior, destaca a Reuters. Às 15h10, o dólar subia 0,03%, vendido a R$ 3,2178.

Leia Mais

Campanha da FIEMG alerta para importância da contribuição sindical

Iniciativa visa estimular o associativismo e a defesa de interesses da indústria. A FIEMG iniciou campanha junto às indústrias mineiras para ressaltar a importância do pagamento da contribuição sindical para o fortalecimento do setor. Com vencimento em 31 de janeiro, a guia de arrecadação está sendo enviada às empresas junto com carta onde a entidade esclarece os benefícios do associativismo.

Leia Mais

Emprego na indústria cresce 0,3% em novembro ante outubro, diz CNI

O emprego na indústria finalmente começa a dar sinais de recuperação, de acordo com dados de novembro divulgados nesta terça-feira, 16, Confederação Nacional da Indústria (CNI). As vagas de trabalho no setor aumentaram 0,3% em relação a outubro, já descontados os efeitos de calendário. Esse foi o terceiro mês consecutivo sem queda no emprego industrial. Além disso, o aumento de 0,3% no mês é o maior desde fevereiro de 2014, quando a evolução do quadro de funcionários em relação ao mês imediatamente anterior foi de 0,7%.

Leia Mais

Prazo final para Cadastro Ambiental vai até maio de 2018

O prazo, que finalizaria no final de 2017, foi prorrogado por 5 meses. A prorrogação visa atender a pequenos proprietários e posseiros rurais que ainda não fizeram o cadastro. O prazo para proprietários e posseiros rurais fazerem o Cadastro Ambiental Rural foi estendido para 31/05/2018. O prazo, que seria finalizado em 31/12/2017, foi prorrogado pelo Decreto n° 9.257 da presidência da República. Os imóveis rurais que não fizerem o CAR dentro do prazo deixarão de ter acesso aos benefícios previstos no Código Florestal.

Leia Mais

Faturamento real da indústria cai 0,6% em novembro ante outubro, diz CNI

Após dois meses consecutivos de crescimento, o faturamento industrial voltou a cair em novembro de 2017, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, 16, pela CNI. Na comparação com o mês anterior - e excluindo os efeitos de calendário -, as vendas das fábricas brasileiras caíram 0,6% no penúltimo mês do ano passado. Ainda assim, o volume faturado em novembro pelo setor foi 5,3% superior ao registrado no mesmo mês de 2016. Mas, considerando as vendas de janeiro a novembro de 2017.

Leia Mais

Exportação de painéis de madeira é destaque no resultado da balança comercial do agronegócio de 2017

Painéis de madeira foram destaque entre os produtos com recorde de exportação, atingindo 1,03 milhão de toneladas negociadas. O Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, abordou o setor florestal, quando apresentou os resultados da balança comercial do agronegócio de 2017. O setor foi um dos responsáveis pelo aumento das exportações do Brasil no ano passado, representando 12%.

Leia Mais

Venda de papelão ondulado sobe Dezembro

A venda de papelão ondulado utilizados em embalagens – caixas, acessórios e chapas – cresceram 3,91% em dezembro na comparação com o mesmo mês de 2016, com dois dias úteis a menos, para 275,946 mil toneladas. Porém, o dado representa uma queda de 10,42% sobre novembro de 2017, segundo dados prévios divulgados nesta quinta-feira, 11, pela ABPO. Em nota, a associação destaca que no ano de 2017 a expedição totalizou 3,5 milhões de toneladas, 4,92% acima de 2016.

Leia Mais

Licenciamento ambiental

Foi publicada em 08 de dezembro de 2017 a Deliberação Normativa 217, que substitui a DN 74/2004. Ela estabelece critérios para classificação, segundo o porte e potencial poluidor, bem como os critérios locacionais a serem utilizados para definição das modalidades de licenciamento ambiental de empreendimentos e atividades utilizadores de recursos ambientais no Estado de Minas Gerais e dá outras providências. A DN 217 entra em vigor 60 dias após a sua publicação. Esta nova norma revoga entre várias outras a DN COPAM nº 74/2004 e suas alterações.

Leia Mais

FIEMG fecha 2017 com balanço positivo de ações para sindicatos

Avanço no Modelo de Atuação Articulada e em outros programas ajudou a projetar serviços das entidades junto às indústrias. Os resultados do Modelo de Atuação Articulada entre os sindicatos e a área de mercado do Sistema FIEMG superaram as expectativas da Assessoria de Relações Sindicais. Desde o início do projeto até o final de 2017, 11 sindicatos aderiram ao projeto. As entidades realizaram 1572 visitas a indústrias, assinaram 308 contratos de prestação de serviços e ganharam 257 novos associados.

Leia Mais

Preço da celulose cresce em ritmo mais lento

Preço da celulose cresce em ritmo mais lento e pressiona menos o papel. Após valorizar acima de 40% no ano passado no País, a cotação da commodity ingressa 2018 com menor impacto sobre as papeleiras, o que pode ajudar na recomposição de margens da indústria. Depois de registrar uma forte valorização no ano passado, a expectativa é de que os preços da celulose possam ficar mais contidos ao longo de 2018, reduzindo a pressão do aumento de custos da matéria-prima às papeleiras.

Leia Mais

Brasil aumentou em 8% plantios florestais certificados

Relatório internacional mostra dados de sustentabilidade da indústria global de produtos florestais. Desde 2016, o Brasil possui mais de 71% das áreas de florestas plantadas certificadas. O número representa áreas pertencentes às empresas associadas à Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) e significa um aumento de 8% em relação a 2015. Os detentores de certificados de manejo florestal aumentaram 14%. Dos 7,74 milhões de hectares plantados no Brasil, 5,5 milhões 5,5 milhões foram certificados.

Leia Mais

Investimentos em energia renovável em 2017 fez com que mais de 8,5 milhões de toneladas de CO fossem evitadas

Consumidores ainda tiveram economia de 727 milhões de euros em energia. A APREN divulgou que o uso de energia limpa em Portugal permitiu que os consumidores poupassem até 727 milhões de euros em 2017 e evitassem também a emissão de 8,5 milhões de toneladas de gás carbônico na atmosfera. Apesar da produção ainda ser menor que a convencional no país, a produção de energia a partir de fontes.

Leia Mais

Tribunal Superior do Trabalho avalia que nova lei trabalhista só vale para novos contratos

Parecer do TST será votado em plenário e é contrário ao entendimento do governo federal. Uma comissão de ministros do Tribunal Superior do Trabalho (TST) avalia que alguns pontos da reforma trabalhista, em vigor desde o dia 11 de novembro/2017, valem apenas para novos contratos de emprego. O parecer, que ainda será votado no plenário do Tribunal, é contrário ao entendimento do governo, que defende a mudança para todos os trabalhadores.

Leia Mais

Retrospectiva – Exportação de celulose até novembro ultrapassa resultado de 2016 inteiro

A exportação de celulose até novembro deste ano atingiu US$ 5,7 bilhões, registrando aumento de 14,1% ante ao mesmo período de 2016. O desempenho superou o resultado obtido em todo o ano passado. A matéria-prima é responsável por 75% do setor que inclui papel e painéis de madeira, que registrou um total de US$ 7,7 bilhões em exportações no período. Os dados foram divulgados pela Ibá.

Leia Mais

7 previsões da indústria para a economia brasileira em 2018

A economia brasileira consolidará a trajetória de crescimento iniciada em 2017. A indústria crescerá 3% e aumentará a oferta de vagas para os trabalhadores. Conheça as previsões da CNI para o desempenho de sete indicadores econômicos neste ano. Neste ano, a economia brasileira consolidará a trajetória de crescimento iniciada em 2017. A indústria crescerá 3% e as empresas aumentarão a oferta de vagas para os trabalhadores. As previsões estão na edição especial do Informe Conjuntural da CNI.

Leia Mais

Dólar cai, em linha com exterior e à espera da reforma da Previdência

Na véspera, a moeda norte-americana caiu 0,73%, cotada a R$ 3,2364 na venda. 04/01/2018 - dólar recuava levemente frente ao real na manhã desta quinta-feira (4), mantendo o movimento dos dois pregões anteriores, de olho na cena externa e nos esforços do governo do presidente Michel Temer para aprovar a reforma da Previdência no próximo mês, segundo a Reuters. Na véspera, a moeda norte-americana caiu 0,73%, cotada a R$ 3,2364 na venda.

Leia Mais

Temer estuda vetar Refis para pequenas empresas

Na semana passada, o presidente do Sebrae, Guilherme Afif, esteve com Temer para pressionar pela sanção integral da lei. Por recomendação do Ministério da Fazenda, o presidente Michel Temer avalia a possibilidade de vetar o parcelamento de débitos tributários (Refis) para micro e pequenas empresas. A sanção da lei que autoriza o parcelamento está ainda sob análise do Palácio do Planalto. A decisão deverá ser tomada na próxima sexta-feira, segundo apurou o Estadão/Broadcast.

Leia Mais

Indústria quer mais crédito para acelerar investimentos

Setor, que vem perdendo participação no PIB, reclama da demora do governo para reduzir juros e pede acesso a fontes de recursos para incrementar produção, com três anos de baixa. Indústria de embalagens: a participação das fábricas brasileiras na economia caiu de 18% em 2004 para 9% em 2015. Após três anos de resultados negativos, a indústria brasileira virou 2017 com crescimento positivo de 0,2%.

Leia Mais