Fábrica de celulose de US$ 2,9 bilhões da Stora Enso entra em operação na China

A produtora finlandesa de papéis Stora Enso iniciou a operação de uma fábrica de papelão e celulose de US$ 2,9 bilhões na Região Autônoma da Etnia Zhuang de Guangxi, no sul da China. A instalação é o maior investimento único por uma companhia do norte da Europa na China.




21/06/2016 - A instalação é o maior investimento único por uma companhia do norte da Europa na China, e foi projetada para produzir anualmente 450 mil toneladas de papelões de embalagem líquida e outros produtos de papelão de alto nível.


O papelão de embalagem líquida é usada para caixas de papelão para bebidas de alta qualidade e permite a distribuição a longa distância de produtos como leite e suco. Mais de 80% do consumo da China de tais produtos vem de fornecedores do exterior.


A Stora Enso também alugou 80 mil hectares de florestas artificiais em Guangxi que pode fornecer à fábrica, localizada na cidade de Beihai, mais de 350 mil metros cúbicos de madeira por ano.


Além disso, uma instalação de polpa química, com uma capacidade máxima de 200 mil toneladas, deve ser operacional no quarto trimestre do ano.


Rajah Jayendran, vice-presidente da Stora Enso, disse que seus produtos serão fornecidos aos clientes na China assim como outros países da Ásia, como Cingapura e Japão.


Matti Vanhanen, ex-primeiro-ministro da Finlândia, disse que as empresas na China e Finlândia devem continuar a unir forças, pois existe grande potencial para cooperação nas áreas de recursos florestais e agricultura.


Fonte: portuguese.cri.cn