China anuncia imposto antidumping sobre celulose

A China anunciou nesta sexta-feira (04) através do seu Ministério do Comércio que aplicará o imposto antidumping sobre a celulose solúvel importada dos EUA, Canadá e Brasil. A nova política de imposto terá uma validade de cinco anos e começa valer a partir deste domingo (06).

08/04/2014 - A China anunciou nesta sexta-feira (04) através do seu Ministério do Comércio que aplicará o imposto antidumping sobre a celulose solúvel importada dos EUA, Canadá e Brasil. A nova política de imposto terá uma validade de cinco anos e começa valer a partir deste domingo (06). Segundo o ministério chinês, a nova taxa de imposto antidumping nas importações norte-americanas irão variar de 16,9% a 33,5%. A da celulose canadense variará de 0 a 23,7%. Já a brasileira vai ter variação de 6,8% a 11,5%. No entanto, a nova política não envolverá os produtos da empresa brasileira Bahia Specialty Cellulose. O motivo da cobrança do imposto é devido os três países terem vendido a preço baixo a celulose solúvel no mercado local, o que provocou danos significantes para a indústria nacional. Em fevereiro de 2013 a China já havia feito uma análise antidumping sobre a celulose solúvel importada no seu mercado nacional.