Bio-Pappel deve iniciar ativid. em 2 megas plantas mexicanas

Maior produtora de embalagens de papelão ondulado do México, a Bio-Pappel continua no bom caminho para começar a construir duas novas fábricas de caixas no final deste ano, a empresa disse em nota à PPI América Latina.

26/06/2014 - Maior produtora de embalagens de papelão ondulado do México, a Bio-Pappel continua no bom caminho para começar a construir duas novas fábricas de caixas no final deste ano, a empresa disse em nota à PPI América Latina. As plantas, que serão capazes de produzir 120 mil toneladas por ano de papelão ondulado, ficarão localizadas em Guanajuato, no centro do México, e em Baja California, perto da fronteira com os EUA. Eles fazem parte do plano da empresa anunciado em 2012 para construir uma rede de 10 "megas" plantas no México. Até agora, a empresa construiu três dessas plantas, o primeiro em Nuevo Leon, perto de Monterrey, em 2007, depois de Guadalajara e Hidalgo, no norte de México central. Em 2015, a empresa planeja começar uma outra planta na área de Monterrey e uma em Barrientos perto da Cidade do México. A Bio-Pappel gera cerca de 15 fábricas de embalagens de papelão ondulado, com capacidade para produzir 924 mil toneladas por ano, de acordo com o relatório anual da empresa. Além disso, ela opera seis fábricas com capacidade para produzir 1,1 milhão de toneladas por ano de papelão para empacotamento e embalagens. A empresa também faz papel de jornal e folha livre sem revestimento em duas fábricas adicionais, com uma capacidade total de papel cartão de 1,5 milhões de toneladas por ano. Essa reportagem é Conteúdo da PPI América Latina. Uma Publicação da RISI. Mais informações pelo e-mail sucupira@risi.com ou através do site http://www.risi.com.