NOTÍCIAS EM DESTAQUE

Água: preservar para não faltar

A escassez hídrica que presenciamos nesse momento não aconteceu de imediato e não está ligada a um setor produtivo, mas é resultado de um longo processo em que diversos acontecimentos contribuíram para o desenvolvimento do problema. Dentre eles, destaca-se, sobretudo, a significativa redução das chuvas que vem ocorrendo desde 2013. Essa redução acumulada equivale a mais de um ano sem chuvas e trata-se de uma mudança climática ainda pouco compreendida.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FIEMG avalia de forma positiva a queda da taxa de juros

Medida tem sido um fator importante para a melhora da economia. Na última reunião do ano, realizada em 11/12, o Comitê de Política Monetária (COPOM) reduziu a taxa Selic de 5,0% para 4,5% ao ano. A FIEMG aprova a decisão, dados o elevado grau de ociosidade da economia brasileira e o equilíbrio entre os riscos e as expectativas de inflação. O ciclo de queda da taxa de juros tem sido um fator propulsor para a melhora das condições de crédito, assim como para a retomada do consumo das famílias, considerando que a expansão da renda ainda é limitada pelo alto nível de desemprego no país.

Saiba

Como sua empresa se relaciona com o meio ambiente?

Nos últimos meses a pauta ambiental ganhou as manchetes em todo o país. Primeiro a partir das queimadas ocorridas na região da Amazônia Legal, que levantou o debate da preservação x produtividade. Depois, o desastre com as manchas de óleo em todo o litoral do Nordeste, ainda sendo remediado pela população e autoridades. Em São Paulo, o anúncio do projeto Novo Rio Pinheiros foi outro a trazer temas ambientais para o debate, ao lembrar da importância da coleta e tratamento de esgoto para garantir a qualidade da água na maior concentração urbana do hemisfério sul.

Saiba

Produção industrial sobe em 7 dos 15 locais pesquisados em outubro pelo IBGE

A produção industrial cresceu em sete dos 15 locais pesquisados em outubro deste ano em relação a outubro do ano passado. Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) . Em São Paulo, maior parque industrial do País, a produção aumentou 5,0%. O Espírito Santo teve um recuo de 22,5%, puxado pelas perdas nas indústrias extrativas, em celulose e papel e em metalurgia. Houve redução na produção também de Minas Gerais (-3,9%), Pará (-2,8%), Bahia (-1,7%).

Saiba

FIQUE POR DENTRO